Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Professora vai lançar livro sobre políticas de raça e classe no Brasil
Início do conteúdo da página Notícias

Professora vai lançar livro sobre políticas de raça e classe no Brasil

A obra “Políticas de Raça e Classe no Brasil: uma crítica marxista” é fruto da tese de doutorado da professora Claudicéa Durans.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 24/11/2021 19h17
  • última modificação 24/11/2021 19h17

Apresentando uma discussão sobre a formação econômico-social brasileira e a questão racial, a professora Claudicéa Durans, do IFMA Campus São Luís – Monte Castelo, está prestes a lançar o seu livro “Políticas de Raça e Classe no Brasil: uma crítica marxista”. A obra, que é fruto da tese de doutorado no Programa de Pós-graduação em Politicas Públicas da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), está sendo publicada pela Editora Sandermann. O selo vai realizar uma live de pré-lançamento às 19h desta quinta-feira (25) – com transmissão no Facebook e Youtube.

O evento on-line contará com a autora Claudicéa Durans e mediação da jornalista Luciana Cândido. Segundo Durans, a live será voltada para uma breve explanação dos capítulos do livro. “Além de contribuir acerca da questão negra do país, o livro discute a implementação e diretrizes para as relações étnico-raciais, servindo de base para estudo e discussão de uma educação antirracista”, destaca. Atualmente, a docente ministra as disciplinas Sociologia da Educação e Educação Indígena nos cursos de licenciatura do Campus São Luís – Monte Castelo.

A pesquisa que deu origem ao livro adotou o método materialismo histórico-dialético. O trabalho propõe uma contraposição à dicotomia entre raça e classe, mostrando os vínculos entre ambas na formação do Estado brasileiro e suas políticas públicas. A obra também apresenta um debate sobre as construções da intelectualidade brasileira no que diz respeito ao tema, bem como formas de organização e táticas do movimento negro – trata-se, portanto, de uma contribuição para a luta antirracista.

registrado em:
Fim do conteúdo da página