Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Prevenção ao uso de álcool e drogas é tema de programação
Início do conteúdo da página Notícias

Prevenção ao uso de álcool e drogas é tema de programação

Mês de junho teve uma programação especial em alusão ao mês de prevenção ao uso de álcool e drogas, com posts, encontros virtuais e palestras.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 02/07/2021 13h04
  • última modificação 02/07/2021 13h05

A Comissão Local do Plano Institucional de Promoção da Saúde Mental e Prevenção do Suicídio do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus São Luís – Monte Castelo desenvolveu, no mês de junho, uma programação especial em alusão ao mês de prevenção ao uso de álcool e drogas. Além de posts em redes sociais, nos quais são discutidos mitos e verdades sobre álcool e drogas, por exemplo, foram realizados encontros virtuais e palestras. O encerramento das atividades foi marcado por uma live cultural, em 25 de junho. Mais de 150 alunos se inscreveram para a atividade. Os encontros foram realizados em dois horários, para contemplar o maior número de alunos. Os jovens também foram estimulados a escreverem redações sobre a história de suas vidas.

No dia 23 de junho, às 18h30, aconteceu a palestra “Uso de drogas: mitos e verdades”, que foi ministrada pela psicóloga Raíssa Palhano. A profissional é especialista em dependência química pela Unifesp e coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do Conselho Regional de Psicologia (CRP-MA). No encontro, ela pode esclareceu as dúvidas dos alunos e trouxe muitas reflexões sobre o uso de drogas e os riscos associados a essa prática

Outro parceiro dessa iniciativa é a organização Mocidade Para Cristo (MPC), que trabalha com o desenvolvimento integral de jovens e adolescentes no Brasil. A MPC está presente em mais de 120 países e, no Brasil, atua em mais de 140 municípios. No IFMA, foi desenvolvido o projeto “Escola para a vida”, que já alcançou mais de 1.500 escolas e 400 mil estudantes.

Os encontros tiveram início em 14 de junho, quando foi abordado o tema “Eu me amo! Não uso drogas. O poder destrutivo das drogas em mim”. Também aconteceram encontros com as temáticas “Eu amo meu próximo! Não uso drogas! Os transtornos sociais causados pelas drogas” e “Eu quero uma sociedade equilibrada. Não uso drogas! Os transtornos sociais causados pelas drogas”.

No dia 25, o grupo promoveu uma live cultural que marcou o encerramento dessa sequência de atividades do MPC no campus. Além de muita música, apresentações de dança e descontração, foram revelados os alunos premiados pelas melhores redações. Antes dos encontros com os estudantes, houve uma reunião de orientação com os professores a respeito do projeto, na qual foram discutidas sugestões de desenvolvimento do tema também em sala de aula.

Vencedora do 1º Lugar do concurso de Redações (Grupo da manhã) e também do prêmio destinado aos alunos que mais participaram dos encontros, Milena Costa Marques, aluna do 2º ano do curso técnico em Eletrônica, comentou que  “Foi uma experiência única pra mim, porque eu nunca havia participado de nada assim antes. Foi um prazer ter ido a todos os encontros e aprendido tanto sobre essa temática das drogas. Aprendi sobre a influência que ela tem na nossa vida, não só nos relacionamentos como em vários outros aspectos, por exemplo, o meio ambiente, estatísticas de agressões e etc. A última palestra que eu estive foi uma das melhores pois foi me permitido um contato bem mais próximo com a palestrante, visto que, foram poucas pessoas. A palestrante Raissa nos ensinou a desconstruir o estereótipo das pessoas viciadas que podem ser moradoras de rua, agressivas (o que depende da personalidade ou da abstinência) e há casos em que pessoas que tinham tudo do bom e do melhor acabam se perdendo nesse mundo por sentirem falta de algo ou por descontarem suas ansiedades nas drogas”, disse.

Para Kauã Ferreira Rodrigues de Jesus Silva, aluno do 2º ano do curso técnico em Eletrotécnica, “pude ver e ouvir coisas muito relacionadas a tudo que eu vivi. E pra muitas pessoas que nunca tiveram que passar por situações como essas, não entendem o significado de um projeto como esse. Pra alguém que sabe muito bem como uma droga pode deixar uma família muito mal, pode acabar com a vida de uma pessoa, esse projeto é muito importante. Não só para quem quer ajudar, mas também pra quem é ajudado. Pude conhecer aquele professor, o Marcílio, e gostei da maneira como ele se expressava . Ele é muito legal e veio de uma área marginalizada, então, como ninguém ele entende muito bem como as drogas podem ser destrutivas. Pra que a gente tenha um ensino melhor é preciso discutir vários assuntos, não só as drogas, e de passo em passo é possível chegar lá. O que eu mais gostei foi da ideia da redação. Eu costumo pensar e imaginar muitas coisas, então, fazer uma redação relacionada a sua história, se expressar de uma maneira que você não pode falar diariamente para as pessoas, foi muito legal”, relatou o aluno.

Johnny Ribeiro, líder da Mocidade Para Cristo em São Luís, comentou que “duas palavras podem definir esse momento: Expectativa e esperança. Expectativa, pois já estávamos esperando por esse momento há três anos, quando conhecemos a professora Célia e lá nos lançou o desafio de realizar o Escola da Vida no IFMA. Desde então, a expectativa foi só crescendo e, mesmo com o momento pandêmico, o Escola da Vida superou nossas expectativas. Esperança, pois é isso que nos move, transmitir o amor, o maior amor, como seguidores de Jesus Cristo, estamos aqui para amar. E falar sobre prevenção às drogas é falar sobre como devemos nos amar, amar o próximo e amar a sociedade, tendo fé na prevenção e vivendo o exemplo de amor ao próximo através do exemplo de Jesus. Obrigado IFMA, através da Comissão de Saúde Mental, pela oportunidade de servir os alunos nesse momento, que, pra gente vai ficar marcado em nossas mentes e corações”, finalizou.

Fim do conteúdo da página