Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Campus Monte Castelo sedia maratona de desenvolvimento de games
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Monte Castelo sedia maratona de desenvolvimento de games

A  Global Game Jam 2019 em São Luís se encerrou nesse domingo (27), com um total de 11 jogos desenvolvidos.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 28/01/2019 17h34
  • última modificação 28/01/2019 17h35

Um total de 11 jogos foram desenvolvidos na Global Game Jam realizada nesse fim de semana no Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus São Luís – Monte Castelo. O evento é uma maratona anual de 48 horas dedicadas ao desenvolvimento de jogos que acontece simultaneamente em vários países. Em São Luís, a organização ficou por conta da Associação Maranhense de Desenvolvedores de Jogos (AMAGames) com apoio do Instituto.

Neste ano, o tema proposto aos participantes foi “O que o lar significa para você?” e os games já estão disponíveis para download no site da Global Game Jam. Em São Luís, participaram da maratona 37 pessoas – entre estudantes universitários e profissionais da área de jogos. As atividades começaram na noite da última sexta-feira (25) e só terminaram no domingo (27).

Kassio Sousa, um dos membros da AMAGames que ajudaram a coordenar o evento, avalia que o mercado de jogos no Maranhão está crescendo. “Não está nem perto dos maiores polos de desenvolvimento de games do país, mas algumas empresas estão dando um pouco mais de visibilidade para essa ideia”, explica. Ele é ex-aluno do curso de Eletrotécnica do IFMA e hoje é fundador da Ops! Game Studio, empresa de jogos e animações. “A realização de eventos como esse serve para atrair pessoas que estão começando e assim elas adquirem mais conhecimento e experiência”, complementa.

A professora Eveline Sá, que coordena o Laboratório Jogos, Gameficação, Acessibilidade e Autoria Inteligente (JOGA-AI) do Campus Monte Castelo, deu apoio técnico aos participantes da Game Jam. Ela conta que seus alunos têm participado ativamente de maratonas do tipo. “Depois que eles passaram a participar das jams, os nossos projetos desenvolvidos no JOGA-AI melhoraram bastante”, avalia.

Um dos participantes foi o aluno de Sistemas de Informação do IFMA, Andrew Silva. Ele também é pesquisador do Laboratório JOGA-AI. Na game jam, ele desenvolveu o jogo “Back Home”, que consiste em levar cada alienígena para o planeta que seria seu lar. “Aprendi muito nessa Game Jam, porque tive a minha primeira experiência om a ferramenta Air Console e com Modelagem 3D”, conta.

Acesse os jogos no site da Global Game Jam

registrado em:
Fim do conteúdo da página