Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Campus Monte Castelo encerra Semana da Saúde 2017
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Monte Castelo encerra Semana da Saúde 2017

A escola realizou ações para promover a saúde mental e a melhoria da qualidade de vida da comunidade escolar.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 03/10/2017 09h43
  • última modificação 05/10/2017 10h17

O resultado das reflexões gerou produção de cartazes pelos alunos, sugerindo formas de enfrentamento do Bullying.

Como parte do Projeto “Educando para a vida”, o Instituto Federal do Maranhão – Campus Monte Castelo – por meio do Núcleo de Assistência ao Educando – realizou, entre os dias 05 a 21 de setembro, as atividades referentes à Semana da Saúde 2017. O tema discutido foi “Saúde Mental: quebrando tabus”. A escolha deste assunto ocorreu em virtude do crescimento de demandas decorrentes de transtornos de comportamento no ambiente escolar e o entendimento de que a escola precisa criar espaços para discutir essas questões, realizando ações que promovam a saúde mental e a melhoria da qualidade de vida da comunidade escolar.

No primeiro dia foram divulgadas as atividades em sala de aula e na área de vivência do campus. Nas salas houve a distribuição dos folders, a sensibilização dos alunos em relação ao tema e a importância de sua participação nas atividades. Na área de vivência aconteceu a distribuição dos laços, com ênfase para a Campanha de Valorização da Vida e a apresentação da performance pelo Grupo de Teatro Caricaturas, que contou com uma significativa audiência da comunidade escolar.

 

No dia 12 de setembro, o momento foi para tirar dúvidas sobre depressão com a psicóloga Luciana Sopas e o médico Elvio Porto Pereira. Contou com a participação de alunos dos cursos de Química, Eletrotécnica, Segurança do Trabalho, Design de Móveis, Comunicação Visual, da Educação Profissional, e do curso superior Sistemas de Informação.

O bate papo com a psicóloga Sheyrlani Tatiany da Silva sobre saúde mental ocorreu nos dois turnos do dia 14 de setembro. Contou com a participação de alunos dos cursos de Eletromecânica, Mecânica, Informática, Edificações, Eletrônica, Design de Móveis, Comunicação Visual, da Educação Profissional Técnica de Nível Médio, e dos cursos superiores de Licenciatura em Química e Engenharia Elétrica. Encerrou-se com a apresentação do coral “Somos um só”, com alunos que apresentam a música através de Libras.

No Teatro Viriato Correia, a temática do suicídio foi abordada pelo Grupo de Artes Caricaturas, com a performance: “Para minha amada morta”. A Semana teve ainda a participação do Spazio Flor de Lótus, realizando terapias alternativas como reiki, barras de Access, florais, meditação e acupuntura. A importância de doar sangue ficou por conta do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Maranhão (Hemomar).

 

 

O dia 20 de setembro foi marcado pela mesa redonda denominada “Bullying na Escola: como enfrentá-lo?” composta pela professora da UFMA, Rosane de Sousa Miranda, e pelos alunos do IFMA, Polyana Silva Ewerton e Raimundo Alexandre Farias Santos, que participam de um projeto de pesquisa sobre o tema, no Instituto. Marcaram presença alunos dos cursos de Eletrotécnica, Eletrônica, Edificações e Comunicação Visual. Como resultado das reflexões, produziram cartazes sugerindo formas de enfrentamento do Bullying no IFMA. Em concomitância a esta ação, foram oferecidos pelo Projeto “Clínica Escola vai à Escola”, através da Faculdade Pitágoras, serviços de triagem para encaminhamento de alunos do Campus Monte Castelo para psicoterapia. Foram atendidos 29 estudantes nessa atividade.

O último dia da Semana teve ainda roda de conversa “Como lidar com a ansiedade”, com a psicóloga do IFMA, Ângela Maria Ribeiro Ramos. Participaram alunos dos cursos de Edificações e Design de Móveis. O diretor do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS ad), Marcelo Soares Costa, realizou um bate papo sobre “Estratégias de enfrentamento ao uso de álcool & drogas na adolescência”. No final, houve o depoimento de uma ex – dependente química, que impactou o público com sua historia de vida.  Na platéia, alunos da Educação Profissional Técnica Nível Médio dos cursos de Química, Eletrônica, Comunicação Visual e Segurança do Trabalho.

De acordo com a coordenação, o evento foi avaliado de forma positiva, pois os profissionais convidados para abordar os diversos assuntos o fizeram de forma competente e criativa, oferecendo elementos importantes para o debate, estimulando os estudantes a participarem de forma enriquecedora. Quanto aos alunos, a maioria avaliou as ações como boas ou ótimas. “Isto se deve à forma como as atividades foram realizadas, mas também, e principalmente, ao fato de que a temática correspondeu às necessidades e anseios da comunidade escolar”.

A Semana da Saúde 2017 foi coordenada pela assistente social, Alexsandra de Souza Aick, contando ainda com a participação de outros profissionais do Núcleo de Assistência ao Educando, entre eles, assistentes sociais, enfermeira, técnico em enfermagem, médico, técnico em assuntos estudantis, psicólogas, assistente em administração e estagiárias em serviço social.

 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página